Notícias Jogos
Brasil vs Coreia do Sul

Quem é Clement Turpin, árbitro de Brasil x Coreia do Sul?

09:28 BRT 05/12/2022
Clément Turpin
Oficial francês trabalha na Ligue 1, é figura conhecida na Liga dos Campeões e apita sua segunda Copa do Mundo

A Fifa anunciou no último sábado (3) a equipe de arbitragem para o duelo das oitavas de final da Copa do Mundo 2022 entre Brasil e Coreia do Sul, que acontece nesta segunda-feira (5), às 16h (de Brasília). O homem do apito será o francês Clement Turpin, uma figura conhecida das competições europeias.

Além de Turpin, que vai apitar seu terceiro jogo nesta edição da Copa do Mundo (ele trabalhou em Uruguai 0 x 0 Coreia do Sul e Equador 1 x 2 Senegal, na fase de grupos), os assistentes serão os franceses Nicolas Danos e Cyril Gringore. O quarto árbitro será o esloveno Slavko Vincic.

O VAR ficará a cargo do francês Jerome Brisard, enquanto os espanhóis Alejandro Hernandez e Roberto Diaz assumem como assistente de VAR e árbitro de vídeo de impedimento, respectivamente. O francês Benoit Millot completa a equipe como apoio ao VAR.

Clement Turpin é um personagem bastante conhecido das principais competições do futebol europeu. Além de ser, talvez, o principal árbitro da Ligue 1, ele já trabalhou em jogos da Eurocopa, Nations League, Liga dos Campeões, Liga Europa e Mundial de Clubes.

Turpin se tornou árbitro profissional em 2005. Três anos depois, em 16 de agosto de 2008, ele fez sua estreia na Ligue 1 e em 2010 se juntou oficialmente o quadro de árbitros da FIFA.

A Copa do Qatar é o segundo Mundial que conta com o trabalho de Turpin. Em 2018, ele apitou duas partidas da fase de grupos: Uruguai 1 x 0 Arábia Saudita e Suíça 2 x 2 Costa Rica.

O oficial francês é considerado um dos mais experientes da atualidade no futebol. Em seu currículo, ele conta com seis finais apitadas. A mais importante delas, sem dúvida, foi a decisão da Liga dos Campeões da temporada 21/22, quando o Real Madrid bateu o Liverpool por 1 a 0, em Paris.

Ele já apitou 251 partidas da Ligue 1, 35 da Copa da França (sendo duas finais) e 21 da Copa da Liga Francesa.

Em âmbito europeu, foram 48 jogos da Liga dos Campeões, 32 da Liga Europa, 5 da Eurocopa, 5 da Nations League, além de 8 jogos das Eliminatórias europeias para a Copa.

Ele também chega com duas partidas de Olimpíadas em seu currículo na qual apitou Nigéria 5 x 4 Japão e Coreia do Sul 1 x 0 México, nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.

Na última edição do Mundial de Clubes, Turpin foi o árbitro principal da vitória do Palmeiras sobre o Al Ahly, por 2 a 0.

Em 2018, durante uma partida da Ligue 1, o lateral brasileiro Daniel Alves foi expulso por Turpin aos 11 segundos da etapa complementar. Após uma chegada forte, Alves reclamou de forma acintosa contra Turpin, que mostrou o cartão vermelho para o defensor do PSG. Naquela ocasião, o time da capital perderia o jogo para o Lyon 2 a 1, e Daniel Alves acabou pegando suspensão de três jogos.