Notícias Placares ao vivo
Barcelona

Quem é Arthur Cabral, o brasileiro na mira de Barcelona e Newcastle?

13:40 BRT 04/12/2021
Arthur Cabral Basel
Aos 23 anos, o atacante vem tendo ótimos números pelo Basel, da Suíça

A Suíça nunca foi famosa como uma potência do futebol. Ela mantém, porém, uma ligação íntima com a história do Barcelona - e pode fornecer ao clube catalão o seu próximo atacante estrela.

Foi o ex-atacante do Basel Hans (ou Joan) Gamper, afinal de contas, que, em 1899, deu os primeiros passos para fundar o FC Barcelona em sua segunda casa, a Catalunha. Mais de um século depois, os dois lados continuam a compartilhar suas distintas cores vermelha e azul, enquanto Gamper continua sendo uma das figuras mais importantes na longa e ilustre história do Barça.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Agora outro jogador do Basel pode estar na fila para dar o mesmo passo. Arthur Cabral tem chamado a atenção dos culés, enquanto tenta saltar para a elite do futebol. Aos 23 anos, o brasileiro está desfrutando de uma temporada espetacular no quesito gols em sua terceira temporada na Europa.

Ele marcou 25 gols em 26 jogos em todas as competições - incluindo 14 na Superliga Suíça - ao mesmo tempo em que deu outras oito assistências na campanha do Basel em busca de título nacional e de causar boa impressão na Liga da Conferência da UEFA.

Esses números notáveis lhe renderam sua primeira convocação para a seleção brasileira em outubro. Mesmo que ele não tenha entrado em campo.

Direto, competente tanto com e sem a bola a seus pés e com um instinto de marcação aparentemente natural, o brasileiro está ganhando cada vez mais admiradores, mesmo com a desvantagem de jogar em uma das ligas menos seguidas da Europa.

Um desses admiradores é o Barça.

A GOAL revelou em novembro que os catalães estão pesando uma oferta no valor de 15 milhões de euros por Cabral. E o encarregado das negociações é o compatriota Deco.

Com Martin Braithwaite lesioando e o futuro de Sergio Aguero ainda incerto após ter sido diagnosticado com uma arritmia cardíaca, Xavi precisa desesperadamente de um novo centroavante e o objetivo do clube é completar a transferência já no próximo mês.

Não que eles sejam os únicos interessados. O West Ham também está na cola do ex-atacante do Ceará e do Palmeiras, enquanto o Newcastle United apontou Cabral como a solução possível para seus problemas de gol, que colocam o time em risco de rebaixamento nesta temporada.

É um crescimento notável para um jogador que há apenas quatro anos estava dando seus primeiros passos no futebol profissional na segunda divisão do Brasil. Cabral subiu das categorias de base do Ceará, e finalmente chegou ao primeiro time em 2017, quando o clube encerrou uma série de cinco anos na Serie B com a promoção de volta à primeira divisão.

A temporada seguinte provou outro marco para o promissor jovem jogador. Arthur marcou 11 gols no campeonato estadual para garantir que o Ceará mantivesse seu título, enquanto seus sete gols na Serie A foram fundamentais para garantir a segurança contra o rebaixamento e também levaram o Palmeiras a contratá-lo no início de 2019.

Ele teve poucas oportunidades de brilhar com o Verdão, mas o Basel já havia visto algo especial. Com apenas uma temporada completa sob seu comando, Arthur trocou o Brasil pela Suíça em um acordo inicial de empréstimo, que provou ser um sucesso estrondoso, e agora não parece haver limite para seu potencial.

"Acho que cresci muito na Europa, principalmente taticamente", disse o atacante aos repórteres em outubro. "Sou muito jovem, cheguei à Europa aos 21 anos de idade, por isso acho que ainda estou crescendo".

"Como eu sempre digo, estou sempre procurando evoluir. Se eu estiver melhor agora do que estava antes, no próximo ano quero estar melhor do que estou hoje", continuou. "Acho que na Europa pude aprender muito. Eles dão grande valor à parte tática e técnica, ainda mais na Suíça. Isso me ajudou muito para saborear o prazer de vestir esta camisa da seleção".

Cabral não seria a primeira estrela a usar o Basel como trampolim. Mohamed Salah também se destacou no clube suíço, conquistando títulos consecutivos em suas duas temporadas por lá.

O brasileiro causou uma impressão ainda maior na Superliga, particularmente nesta temporada. Se ele puder continuar sua trajetória estelar, não há razão para pensar que não poderá causar um grande impacto no Barça ou mesmo em qualquer clube de ponta nos próximos anos.