Notícias Jogos
Uruguai

Por que os jogadores do Uruguai podem ser punidos por confusão após eliminação na Copa?

11:27 BRT 06/12/2022
Fernando Muslera referee Uruguay 2022
Jogadores uruguaios protestaram veementemente com a equipe de arbitragem após a não revisão de dois possíveis penaltis na última rodada dos grupos

O Uruguai foi eliminado da Copa do Mundo 2022, mesmo após vencer Gana por 2 a 0 na última sexta-feira (2), por conta da derrota de Portugal para a Coreia do Sul, na ultima rodada do Grupo H.

Após o fim da partida, como resultado pela eliminação, os jogadores uruguaios reclamaram com a equipe de arbitragem pela não marcação de dois possíveis pênaltis para a Celeste na partida, que poderia encaminhar a Celeste ao mata-mata.

Nas imagens, é possível ver os zagueiros Diego Godín e José Maria Giménez fazendo reclamações incisivas com a equipe de arbitragem, composta por Daniel Siebert, Rafael Foltyn e Jan Seidel, todos da Alemanha, após a partida.

O zagueiro do Atlético de Madrid, por sua vez, além de xingar a arbitragem, precisou ser contido após esbarrar com o cotovelo em um funcionário da Fifa. Além disso, o atacante do Valencia, Edinson Cavani, foi flagrado derrubando a cabine do VAR enquanto caminhava ao vestiário.

Como resultado, a Fifa, pode aplicar punições à Associação Uruguaia de Futebol, que pode receber multas e suspensões em futuras partidas aos jogadores. Em entrevista ao jornal El Observador, do Uruguai, o vice-presidente da federação afirmou que ainda não havia recebido nada formal da entidade.

"Até agora não recebemos nada da Fifa. Estamos esperando que aconteça ainda hoje. Já temos uma equipe jurídica para trabalhar nisso em caso de alguma punição", afirmou Gastón Tealdi.

Porém, segundo fontes ouvidas pela ESPN, do Uruguai, a seleção recebeu um informe da Fifa notificando que Giménez insultou o árbitro da partida. De acordo com a publicação, o jogador pode receber uma "punição sem precedentes" pela atitude.