Ausência na Champions League pode travar ida de Gabriel Jesus ao Arsenal

Gabriel Jesus Manchester City 2022
Getty Images
Clube terá orçamento menor e não deve reunir condições de sustentar oferta de 50 milhões de euros caso não classifique

A possível transferência de Gabriel Jesus para o Arsenal pode travar com o fracasso do clube na busca por uma vaga na próxima edição da Champions League. O clube reduzirá o investimento na busca por reforços e teria que diminuir também o valor da proposta para a contratação do atacante de 25 anos — a oferta atual é de 50 milhões de euros (R$ 261,23 milhões na cotação atual).

A GOAL apurou que a possível ausência do time na competição continental é um fator negativo na escolha do jogador, que espera propostas de outros clubes do futebol europeu. Entretanto, não é o ponto mais determinante neste momento. O desejo do centroavante e de seu estafe é fechar um acordo longevo, vantajoso financeiramente e onde ele possa participar com mais frequêcia dos jogos.

Com apenas mais um ano de contrato, Gabriel Jesus não ficará no Manchester City em 2022/23. Ele e seus representantes já informaram o clube sobre o desejo de saída na próxima janela de transferências. O Arsenal surgiu como principal interessado, especialmente pela possibilidade de voltar à Champions League. O clube, no entanto, pode recuar em meio à iminente ausência na competição.

Os Citizens inicialmente queriam receber 60 milhões de euros (R$ 313,58 milhões) por sua ida aos Gunners. Todavia, estão dispostos a aceitar a oferta de 50 milhões de euros do clube de Londres. Um valor inferior a esse não deve ser aceito pelo Manchester City.

O empresário Paulo Pitombeira viaja à Europa neste sábado para conversar com a diretoria do City sobre a saída de Gabriel Jesus ao término da temporada inglesa — a última rodada da Premier League será neste domingo (22). Ele também escutará os clubes interessados em contratar o jogador.

Mais artigos abaixo

A Juventus, da Itália, tornou-se uma alternativa para Gabriel Jesus no mercado da bola. O clube tenta se reforçar e cogita a possibilidade de investir no atacante. A presença de Vlahovic no elenco italiano, porém, é algo que pode impedir a negociação.

Em 2021/2022, Gabriel Jesus somou 40 partidas pelo Manchester City — foi sua temporada completa com menos jogos. No período, marcou 13 gols e se responsabilizou por 11 assistências. Ele não emplacou uma sequência de jogos como titular no Etihad Stadium, mesmo depois da saída de Sergio Agüero.

Fechar