Notícias Placares ao vivo
Copa do Brasil sub-17

Agressões, roubo e violência marcam jogo entre Sport e Corinthians na Copa do Brasil sub-17

22:28 BRT 10/05/2022
Copa do Brasil sub-17, Sport x Corinthians, briga torcidas 10/05/2022
A partida precisou ser paralisada quando organizadas invadiram o setor de visitantes no final do segundo tempo; PM não foi solicitada para o jogo

Nem mesmo os jogos de base estão livres das brigas de torcidas. O jogo entre Sport e Corinthians, pela Copa do Brasil sub-17, nesta terça-feira (10), foi palco de imagens deploráveis, quando membros de uma torcida organizada dos donos da casa partiram para cima dos poucos visitantes presentes na Ilha do Retiro.

No final do segundo tempo do jogo que marcou a vitória e classificação do Sport por 1 a 0 sobre o Corinthians na Copa do Brasil sub-17, o jogo precisou ser paralisado pelo árbitro por conta da violência que tomou conta das arquibancadas da Ilha do Retiro. Os jogadores do Timão, inclusive, se juntaram no meio de campo por medo do clima que se instalava no estádio.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

Um grupo de torcedores da maior organizada do Sport, que durante o jogo começou a se aproximar com provocações, invadiu o setor de visitantes, onde se reuniam alguns poucos torcedores do Corinthians, e começaram com agressões e até roubaram camisas dos adversários. O jogo não teve cobrança de ingressos e, em vídeos, é possível ver que os agressores deixaram a Ilha do Retiro, deram a volta por fora do estádio, para então entrarem no lado disponibilizado aos visitantes.

A contenção dos agressores ficou por parte de seguranças particulares contratados pelo Sport e, em nota, a Polícia Militar de Pernambuco informou que não houve pedido de policiamento no jogo nem por parte do clube e nem da Federação Pernambucana de Futebol.

Oficialmente, as torcidas organizadas do Sport, assim como do Náutico e do Santa Cruz, foram extintas pela Justiça do Pernambuco em 2020. No entanto, a violência entre torcidas não diminuiu como se esperava.

Tanto o Corinthians quanto o Sport se manifestaram sobre o ocorrido através de notas oficiais, lamentando e repudiando as cenas na Ilha do Retiro.

Veja as notas da Polícia Militar, do Sport e do Corinthians na íntegra.

Polícia Militar:

"A Polícia Militar informa que não teve sua presença solicitada pela Federação Pernambucana de Futebol, nem pelo Sport Clube do Recife, com pedido de policiamento para a partida desta terça-feira (10/05), envolvendo Sport x Corinthians, jogo válido pela Copa do Brasil Sub-17. Sem esse acionamento, a PM não esteve presente no estádio, como sempre faz em todos os jogos oficiais, somente tomando conhecimento do tumulto e da violência por parte de supostos torcedores rubro-negros através das redes sociais."

Sport:

"O Sport Club do Recife lamenta e repudia veementemente o ocorrido na tarde desta terça-feira (10), na Ilha do Retiro, durante o confronto entre Sport e Corinthians, válido pelas oitavas de final da Copa do Brasil Sub-17, quando torcedores do time paulista foram covardemente atacados por vândalos.

A vice-presidência jurídica rubro-negra já realizou a representação junto à Delegacia de Repressão à Intolerância Esportiva e irá acompanhar os desdobramentos do caso para que os criminosos sejam severamente punidos.

Em nome da decência, o Clube manifesta a sua total reprovação aos fatos ocorridos e reforça que tal conduta não condiz com os seus valores e história, se colocando à disposição para contribuir com as investigações.

O Sport também pede desculpas aos torcedores envolvidos e à instituição Sport Club Corinthians Paulista."

Corinthians:

"O Corinthians repudia as agressões ocorridas no Recife e informa que já contactou o Sport, que já tinha acionado as autoridades para identificar culpados. O Corinthians se solidariza com os torcedores agredidos e acompanhará as apurações de perto.

#FutebolSemÓdio"