Notícias Placares ao vivo
Liga Europa

A agressão de torcedores do West Ham contra jornalistas alemães

14:36 BRT 29/04/2022
West Ham fans
Situação foi reportada pelos profissionais, após confronto entre os Hammers e Eintracht pela Liga Europa

O West Ham prometeu tomar medidas contra os torcedores que tenham contribuído para um suposto "ataque" a comentaristas de rádio alemães durante a primeira partida da semifinal da Liga Europa contra o Eintracht Frankfurt, na Inglaterra.

Os Hammers ficaram para trás no primeiro minuto, quando Ansgar Knauff abriu o placar para os visitantes. Foi dito que um grupo de torcedores do West Ham discordou da reação dos repórteres de rádio ao tento do Eintracht.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e teste o DAZN grátis por um mês!

O jornal alemão Bild também afirmou que os repórteres Tim Brockmeier e Philipp Hofmeister foram pegos de surpresa depois que Michail Antonio empatou o confronto, aos 21 minutos.

Como o West Ham respondeu aos relatórios?

Um porta-voz da equipe da Premier League disse: “O clube está ciente do incidente e trabalhará para identificar o infrator."

“De acordo com nossa abordagem de tolerância zero, qualquer pessoa identificada terá seus dados passados ​​para a polícia. Eles serão banidos por tempo indeterminado e não poderão entrar no London Stadium e viajar com o clube. Não há lugar para esse tipo de comportamento.”

O que é relatado ter acontecido com os comentaristas?

O Bild afirmou que Brockmeier teve seu fone de ouvido arrancado e jogado no chão enquanto as emoções aumentavam no leste de Londres, com Hofmeister dizendo no ar: “Estamos sendo atacados aqui."

"Eles jogaram o fone de ouvido no meu colega Tim. Eu tenho que me organizar um pouco. Temos que ver se podemos trazer algum pessoal de segurança aqui."

Derek Rae, comentarista da ESPN na Bundesliga, disse no Twitter: “As emissoras da ARD Radio relataram que, em suas palavras, 'foram atacadas' por torcedores ingleses atrás deles, quando o West Ham empatou o jogo em 1 a 1. Você podia ouvi-lo no ar. Ele interrompeu a transmissão brevemente."

“Falou no ar de ambos os comentaristas sobre estar em choque e eles sentem que talvez os torcedores que os atacaram não gostaram do grito alto de gol para comemorar o tento de Knauff, ao 1 a 0. Eles dizem que não há segurança para protegê-los."

“Comento isso em solidariedade aos meus colegas da ARD. Pode acontecer com qualquer comentarista e quando você está se concentrando ferozmente e alguém te pega de surpresa dessa maneira, enquanto você está no trabalho, inaceitável.”

Rae acrescentou: “Philipp e Tim explicaram que receberam novos assentos de comentaristas no meio da tribuna da mídia agora, graças ao departamento de mídia do West Ham. Eles esperam continuar com seus trabalhos, mas admitem ser muito difícil se concentrar depois do que aconteceu."

“Ambos os comentaristas foram questionados novamente no ar sobre sua experiência. Eles expressaram alguma surpresa sobre a proximidade com os torcedores. Eles estavam na última fila da área de imprensa, mas a torcida atrás deles. Eles sentiram que as pessoas pareciam surpresos com suas comunicações emocionais no gol de Knauff."

“Tim Brockmeier disse que foi atingido no pescoço naquele momento. Então, mais tarde, quando aconteceu o empate, vários golpes e seus fones de ouvido caíram. Eles agradeceram ao departamento de mídia da WHU e aos técnicos por sua assistência, mas desagradável e difícil de transmitir, com medo”.

O West Ham acabou perdendo o jogo por 2 a 1, com um chute de Daichi Kamada no início do segundo tempo, o que significa que os homens de David Moyes têm tudo para quando forem à Alemanha para a partida de volta na próxima quinta-feira (5).